4 de outubro de 2007

Projeto de Lei.

Quando se fala em Senado no Brasil logo nos vem à mente as eternas maracutaias, ontem mexendo a esmo na internet me deparei com esta noticia, que por sinal a mídia deveria estar fazendo estardalhaço para a divulgação entre a população, ainda mais depois de toda a repercussão do caso bárbaro ocorrido em São Paulo entre muitos outros de que se tem noticia.
Provavelmente os direitos humanos, e outras Ongs, vão falar de inconstitucional, mas morrer de forma brutal, em tão tenra idade o que é?.
Eu particularmente de simpatizei com a lei, tenho dois filhos e tudo que a favor da proteção não só a eles mas da vida em geral, é de vital importancia uma ampla discussão pela sociedade, por isso divulgue, comente com seus vizinhos, passe por e-mail.
Vamos dar um basta nisso.



Publicada em 27/09/2007 às 23:14

Castração de pedófilos entra na pauta do Senado

Bruno Menezes - EXTRA

Um tema discutido em parlamentos de vários países vai entrar na pauta do Senado brasileiro. Em um projeto de lei para alterar o Código Penal, o senador Gerson Camata (PMDB-ES) propõe que criminosos considerados pedófilos - de acordo com as normas do Código Internacional de Doenças (CID) - sejam submetidos à pena de castração química
Já aprovada em países como a França, a Inglaterra e os Estados Unidos, a punição, segundo Camata, seria uma alternativa para diminuir a incidência de crimes de violência sexual.
- A castração química consiste em aplicar uma injeção no pedófilo. Esse medicamento inibe a libido do criminoso, que pode até perder a capacidade de ter ereções - explicou o parlamentar.
Ainda de acordo com o senador, dois tipos de medicamentos podem ser usados na castração química: um é aplicado num braço ou nas nádegas, e o outro, nos testículos. Para Camata, o projeto de lei, se aprovado, terá um grande impacto no orçamento do país. Mas esse custo, ele afirma, seria menor que os gastos com pedófilos em cadeias:
- Gastaríamos bastante, mas deixaríamos de alimentar esses presos. Analisei estatísticas do crime no Rio de Janeiro e sei que, com o projeto, podemos impedir altos índices de reincidência.


12 comentários:

Paulo disse...

Pois é um tema pertinente mas, alguma coisa devia-se fazer a esse tipo de comportamentos. Castração? Apesar de se poupar algum dinheiro com esse sistema, não sei se será a melhor forma de tratar essa doença.

Psykhé disse...

Oi Rosa! Gostei mto do tema deste seu post! Acho que é um assunto que precisa mto ser discutido.Digo isso não apenas por ser estudante de psicologia, mas por defender os direitos humanos.Se essa vacina servir p/ controlar a pedofilia, e permitir que as pessoas doentes levem uma vida normal fora da cadeia, acho que td mundo sai ganhando. Só que infelizmente não acho que seja bem assim não.Doença mental ñ se cura com vacina.E ñ é preciso ter uma ereção para praticar um ato desses, e ainda há o caso das muleres pedófilas. O que fazer daí? A mim, na verdade, parece uma medida "tapa buraco", só pra fazer de conta que se está resolvendo o problema.O que se precisa é investir em saúde mental.
Beijoca

Blog do M@rcondes disse...

Uma lei para castrar esses malucos deveria ser mais generosa e não utilizar somente métodos brandos e delicados. Poderiam utilizar os métodos ”convencionais” e seculares e de preferência em praça pública. Claro que estou exagerando em pensar assim, mas de que alguma coisa tem que ser feita eu não tenho dúvida. Outra coisa é uma sentença judicial se sobrepor a um diagnóstico médico. Foi o que aconteceu num município de São Paulo onde uma juíza “viu por bem” liberar um doido varrido que acabou matando dois adolescentes depois de estrupá-los. Cada macaco no seu galho, uma juíza entende de leis e um psiquiatra de loucos.Abraços!

rosa disse...

O problema neste país é que nào se investem em nada, nem na cura do problema do pedófilo, nem na nossa segurança.

Algum coisa tera que ser feita.


Abraços

Jana disse...

eu sou a favor da pena de morte, coloca tudo numa sala e manda ver!

Beijos

AcidoCloridrix disse...

No Brasil ou em Portugal, estou vendo que os problemas são os mesmo,,, se bem que a dimensão dos países bem diferente,,,, a premencia de combate a essas "epidemias" incontrolaveis é bem premente,,,, beijooo,,, HCL

Ricardo Soares disse...

castração de pedofilos parece uma medida radical mas com esses caboclos doentes acho que não tem jeito não né ??? ahhh ... apareci aqui também para agradecer sua amavel visita ao meu blog onde deixaste um comentário sobre a policia russa citando sua irmã incomodada por policiais na itália... essa é uma praga que se espalha no mundo né ??/ maus policiais e corrupção... beijo e bom fim de semana

Dr. Fácil disse...

O ideal seria internar o país todo. Tenho certeza que idéias não faltam. Mas eu não acredito em procedimentos transparêntes por aqui. E sobre a castração em especial, fico com a opinião do Paulo e da Psykhé. Um Beijo Rosa

Tathiana disse...

Melhor q pena de morte! Beijos.

Anônimo disse...

Castração de pedófilos...

será se resolve?, não sei dizer...

bem, vim para deixar-te beijos e abraços de saudades,
até...

Poeta da Lua disse...

sou eu no post de cima...
rss
tentei postar com meu nome e não saiu... agora, sim.
beijos!

S disse...

Oi rosa, não acredito que a castração resolva o problema já que existem outras formas de cometer abuso sexual...
Porém, eu acho que toda discusão é válida. Embora já se saiba de antemão que esta lei não irá passar.
Bom, eu acho que a forma mais barata e eficaz de se resolver alguns esse problema é a solução final. Isso ae, pena de morte.
Outra que não resolve o problema, não atinge as causas da criminalidade, mas não onera o erário com despesas com esse tipo de gente.
Bjus