20 de julho de 2007


O blogueiro Omar do Formador de opinião me pediu para listar as minhas 5 leituras “presentes” e “próximas”

Minha mãe me ensinou a ler em casa aos 4 anos, desde então dificilmente passo sem um livro, e os que mais gostei geralmente foram presentes do meu pai com lindas dedicatórias (ele usa as palavras magnificamente). A minha primeira carteira de biblioteca foi tirada aos onze anos, quando ainda morava em Porto-Velho, a biblioteca era longe, várias vezes pulei a roleta do ônibus para ir entregar os livros e sempre trazia outro. Dificilmente eu choro por fatos ocorridos na minha vida, mas um livro facilmente consegue me levar as lágrimas, a gargalhadas e a um estado profundo de reflexão, Tenho duas manias em relação aos livros uma é grifar e copiar o que me chama a atenção e quando gosto de um autor quero ler todas as obras, eu sinto ter perdido um fichário com o resumo de todos os livros já lidos, mas vou recomeçar de novo. Seque a lista dos livros que fizeram história na minha vida.

Poliana brincando de contente da Eliana P. Porter - É um livro da minha infância, quando tudo estava mal, ela conseguia ver algo de bom. Em muitos momentos da minha vida me recordei disso.

Xógum do James Clavell – Eu li pela primeira vez aos 15 anos um exemplar emprestado pela minha avó, só prestei atenção ao romance entre a japonesa Mariko e o capitão inglês Blacktorne, depois reli pelas estratégias de guerra do Xógum Toranaga e novamente para matar as saudades deste livro. Em todos os livros do James Clavell você encontra um personagem em comum que sempre te remete a uma obra lida anteriormente mas de todas as obras que tive contato este é o meu preferido

Versos entre Tonaraga e Mariko.

“O céu
Chamuscado pelo sol
Chora
Lágrimas fecundas”.

“Mas a floresta
Ferida pelo vento
Chora
Folhas mortas”.

“Por que tão hibernal?
O verão ainda
Está por vir, e a queda do
Glorioso outono”.

“Se eu pudesse usar palavras
Como folhas caindo,
Que fogueira
Meus poemas fariam!”



Poesia Varia, do poeta Guilherme de Almeida. Aos dezesseis anos comprei estes livros de uma amiga que me disse _ Rosa estou com uns livros velhos vá dar uma olhada.
Li somente as primeiras poesias, e achei lindas, profundas, ao manusear mais atentamente o livro descobri que era um original de 1947, onde foram impressos somente 3.000 exemplares. Estou passando a obra toda pro computador para evitar o manuseio do livro, onde suas folhas se desfacelão ao toque.

A lição

Pelos remendos do meu manto pobre,
pela moeda de cobre,
pela côdea de pão,

conhecerás o mundo que não cabe
nos livros e não sabe
sair do coração.

Nos remendos terás um mapa-múndi:
a carta que nos funde,
que do homem faz o irmão;

o cobre há de dizer, mais que a palavra
que o bem não se azinhavra
se vai de mão em mão;

a côdea mostrara que a crosta dura
da terra é uma fartura
para os que tem e dão.

Pelos remendos do meu manto pobre,
pela moeda de cobre,
pela côdea de pão,

conheceras o mundo que não cabe
nos livros, e não sabe
sair do coração
.


* Côdea = parte exterior do pão ou outras massas endurecidas pela cozedura; casca das arvores , dos frutos; nódoa solidificada na roupa; crosta.

O livro dos Códigos- Simon Singh. Este livro relata o descobrimento e o aprimoramento da criptografia, relata estratégias de guerras, super gênios desconhecidos do publico que tiveram seus trabalhos mantidos em segredo pela segurança de seus paises, sinto não saber falar em inglês para tentar decifrara os exercícios propostos. Mas vale a pena á leitura, para se entender como a internet funciona e o trabalho que deu essa invenção, como decifrarão os hieróglifos, a traição de Maria Stuart contra Elizabeth I, a utilização de índios najavos na segunda guerra por ser uma língua desconhecida, criando códigos indecifráveis.

Estou lendo:

A história da Filosofia de Will Durant. Um relato de sobre os principais filósofos da história, já reli vários trechos dele, agora me propus a ler a obra completa. Ainda vou colocar alguns parágrafos tirados do livro no blog.

6 comentários:

Elefante disse...

Rosa vc ta boa de leitura hein, outro dia novamente não consegui comentar seu blog , tem dia que essa pagina de comentário ta meia maluca. Você ta repassando a pergunta sobre leitura pra mim? é isso?Desculpe minha ignorância elefantina.

ELEFANTE disse...

BEM Rosa eu leio habitualmente a Bíblia, e gosto de estudá-la , estes dias li o livro Jesus o maior psicólogo que já existiu, a principio pensei que era somente um caça níqueis, mas me surpreendi e achei muito bom. Agora estou pra ler o livro Marley e eu.

Ricardo Rayol disse...

Xogum é um show de livro. Li também com 15 anos pela primeira vez. Sou fã dos livros do falecido james Clavel

Claudia Blue disse...

Eu tb desde pequeninha adoro a leitura.... hj sigo a linha do e bokk.,,. que tb é legal... e gostei muito da sua listinha literária... beijo blue

http://noelevador.zip.net
http://nabolsadamulher.blogspot.com

ricardo disse...

eu amo ler... agora aprendi a ler 2 ao mesmo tempo..coisa q nao fazia..tb me alfabetizei cedo com 5 anos, eu matava aula na biblioteca e agora com os E-Books to fazendo a festa... ler é mt bom, melhora nosso portugues, a escrita.. as experiencias de um livro são unicas...tb choro em livros, chorei ao ler a comedia humana, chorei ate num bem tosquinho mas q fala de amor paterno... já ri muito com alguns do luis fernando verissimo e outros q nao me lembro agora...gosto de tudo, menos auto ajuda... gostei dos q vc leu...nunca li poliana...rsrsrs...e nem vou...não nessa altura rsrsrs...beijosssss

http://noelevador.zip.net
http://vidacretina.zip.net

Blogildo disse...

É difícil listar 5 livros. Mas os que você escolheu são muito bons. Quer dizer não consigo ser um bom crítico em poesia. Mas gostei das escolhas. Mesmo da Poliana!

Abraço!