15 de setembro de 2007

Medo.

Esta foi uma semana puxada, marcada por uma tragédia, um garoto de quinze anos literalmente atropelou um carro de passeio na rodovia, uma coisa horrível, deixou a nossa cidadezinha chocada, mas o que me deixa em pânico é a morbidez humana, o instinto para a tragédia, o gosto pelo sofrimento, fomos ao local do acidente tirar fotos pra serem anexadas ao processo, fizemos o trabalho, asfalto, manchas de sangue, marca de freios, o carro, a bicicleta. Mas ontem pessoas que choraram a perca, vieram procurar a foto do rapaz, agonizando no local, uma coisa que não registramos. Fico pensando o que o ser humano ganha com isso?
O porquê de uma atitude dessas?
Só pra dizer _Eu vi. Estava assim e coisa e tal.
Foi uma semana com uma carga negativa muito grande, me senti mal com esta situação, familiares veio trazer fotos dos últimos momentos alegres passados com o rapaz, sempre digo que somos um pouco psicólogos, as pessoas tem certa necessidade de contar o que acontece em seu intimo, isso mexeu comigo, ouvi muitas histórias.
A morte é algo que não estamos preparados para aceitar, por mais que saibamos ser inevitável, que vem para todos, sempre pensamos que podemos ser os próximos, que poderia ter sido com você ou com alguém que se ama. Mas precisamos como dizem tocar o barco para frente, deixar os medos de lado, e estou tentando colocar isto para fora, o medo mata aos poucos, se deixarmos que nos rodeie trará uma ansiedade sufocante e perderemos momentos bons por isso. Que o nosso tempo não fique perdido.



Legião Urbana -
Tempo Perdido Renato Russo

Todos os dias quando acordo,
Não tenho mais o tempo que passou
Mas tenho muito tempo:
Temos todo o tempo do mundo.
Todos os dias antes de dormir,
Lembro e esqueço como foi o dia:
"Sempre em frente,
Não temos tempo a perder".
Nosso suor sagrado
É bem mais belo que esse sangue amargo
E tão sério
E selvagem.
Veja o sol dessa manhã tão cinza:
A tempestade que chega é da cor dos seus
Olhos castanhos
Então me abraça forte
E diz mais uma vez
Que já estamos distantes de tudo:
Temos nosso próprio tempo.
Não tenho medo do escuro,
Mas deixe as luzes acesas agora,
O que foi escondido é o que se escondeu,
E o que foi prometido,
Ninguém prometeu.
Nem foi tempo perdido;
Somos tão jovens...


Letra: http://vagalume.uol.com.br/legiao-urbana/

7 comentários:

Blog do M@rcondes disse...

A morte é algo que se aproxima da gente a partir do momento em que nascemos. A cada dia estamos mais próximos dela e graças a Deus não se sabe em que dia será o “Gran Finale”. O que mais nos choca são as formas infinitas e surpreendentes pelas quais as pessoas são retiradas do nosso convívio. Não desejo a morte para ninguém, mesmo sabendo que ela é inevitável e apenas imagino que um garoto desses não teve sequer tempo para sentir dor, talvez essa forma de ver as coisas seja também uma espécie de conforto para quem o perdeu. Acho que não tenho medo da morte. Já a encarei de frente em duas oportunidades (um acidente e um seqüestro) e meu anjo da guarda esteve comigo. Confesso, sem medo de levar a pecha de covarde, que tenho muito medo da dor. Encaro a morte, mas rezo para não sentir dor. Não acho que alguém mereça sentir dor.

ELEFANTE disse...

Eu vivo essa vida crendo em Jesus, assim vivo com esperança diante de tantas fatalidades e também diante de tanta maldade humana. E lembro o apóstolo Paulo ''Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida somos os mais infelizes de todos os homens''.

Poeta da Lua disse...

rosa,
tenho medo do escuro...
mas não tenho medo de ir pra ele...

beijo-te

Psykhé disse...

Todo mundo morre, se a gente vive com medo da morte acabamos não vivendo. É triste uma morte trágica, com certeza. Bom mesmo se todo mundo pudesse partir com o dever cumprido. E essa música do Legião é linda né? Sou mto fã.Beijoca

Dr. Fácil disse...

As pessoas sempre querem se enxergar, mas parece que na maioria das vezes em casos de tragédia. Sinto muito pelo que aconteceu. Pode acreditar. Beijo

Ricardo Rayol disse...

Para mandar para o sitedo terra ou do G1 cambada de urubus filhos da p

AcidoCloridrix disse...

Chocante,,,, fico sem palavras,,, afffff,,,,, O nosso “Dicionário do Sexo” está agora na letra “H”, Hemofagia,,,, sabe o que é isso????? Saiba, ou não saiba, gostaria de ter o teu sábio e imprescindível comentário, vamos lá, a tua sabia opinião é precisa,,,, obrigado,,,, HCL
Link: http://sexohumorprazer.blogspot.com/2007/09/dicionrio-do-sexo-em-debate-g-ponto-g.html